Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
BIOMEDICA ACUPUNTURISTA. Biomédica pela UMC 1987. Lato Sensu em Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura - ETOSP. Especializações: Saúde Pública - São Camilo e Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura - ETOSP. Experiências: Análises Clínicas, aulas no curso técnico de Patologia Clínica (Hematologia, Parasitologia, Imunologia, Microbiologia, Fundamentos da Patologia, Biologia, Programas de Saúde, Anatomia e Fisiologia Humanas). Assessora Científica. Artigos no Jornal Centro em Foco (http://www.jornalcentroemfoco.com.br/vivasaude.html). Redação da coluna “Dicas de Saúde” para o jornal norte americano “BR POINT”. Palestras sobre temas de saúde e Acupuntura. Atualmente atuo como BIOMÉDICA ACUPUNTURISTA em consultório particular onde viso o tratamento do individuo integralmente. Utilizo acupuntura sistêmica, LASER-acupuntura, moxa, eletro-acupuntura, ventosa e florais. Sou Professora de Micro e Imunologia no curso técnico em Massoterapia e do curso Lato Sensu de Acupuntura e MTC da ETOSP. Coordenadora do ambulatório de LASER ACUPUNTURA da ETOSP - Escola de terapias Orientais de SP

sexta-feira, 29 de maio de 2009

POR QUE DEVEMOS COMER FIBRAS?




Por que devemos comer fibras, se elas não são digeridas nem absorvidas pelo nosso organismo?

A fibra alimentar é o material da parede da célula vegetal que não pode ser digerida pelas secreções gastrointestinais e enzimas do ser humano.
Ela é fundamental em uma alimentação saudável e equilibrada.
Além da enorme vantagem de não possuírem valor calórico ou energético (não engordam), as fibras dificultam a absorção dos açúcares dos alimentos, reduzindo a glicemia pós-alimentar.

Dietas pobres em fibras provocam constipação (intestino preso) e pior ainda, observações epidemiológicas e clínicas têm relacionado sua deficiência à ocorrência de certas enfermidades como doença cardiovascular, câncer de cólon, diabetes...

Os mecanismos pelos quais as fibras insolúveis exercem seus efeitos são simples. Como elas não são digeridas e nem absorvidas pelo organismo, elas aumentam a quantidade de resíduos no intestino, o que aumenta o bolo fecal; como essas fibras têm a capacidade de absorver água, as fezes ficam mais macias e a movimentação intestinal fica facilitada.
Seu uso promove a redução dos níveis sangüíneos de carboidratos através do retardamento da absorção dos carboidratos, reduzindo a dose de insulina necessária para o controle nos diabéticos.
A fração solúvel atua principalmente na parte superior do trato gastro-intestinal, mais especificamente no estômago e no intestino delgado, onde ocorre a digestão e absorção dos nutrientes. A ação dessas fibras nesses dois órgãos promove vários efeitos, como o atraso do esvaziamento do estômago (promove saciedade = importante no tratamento da obesidade), atraso da absorção de nutrientes como a glicose (promove menor elevação da taxa de glicose no sangue = importante no tratamento do diabetes), aumento da excreção de ácidos biliares (promove menor absorção do colesterol = importante no tratamento de doenças cardiovasculares).


Benefícios das Fibras:

- Ajudam a prevenir prisão de ventre.
- Aliviam os sintomas de diverticulose e hemorróidas.
- Podem diminuir o risco de câncer do cólon.
- Contribuem no controle do peso.
- Retardam o esvaziamento gástrico.
- Aumentam o tempo de trânsito intestinal.
- Tornam mais lenta a absorção de glicose.
- Retardam a digestão do amido.
- Reduzem os níveis elevados de colesterol.
- Reduzem os níveis elevados de triglicérides.
- Promove a excreção normal da bile.
- Aumenta o volume fecal, melhorando o funcionamento do intestino.
- Aumento da sensibilidade do músculo à insulina.
- Aumento da sensação da saciedade.


Como aumentar a quantidade de fibras na alimentação diária:

- Coma frutas, verduras e leguminosas com toda casca e bagaço (inteiras). A fibra geralmente concentra-se na casca e camadas externas das frutas e legumes e pode ser perdida quando descascados. Mas providencie para que estejam bem lavadas.
- Dê preferência ao consumo de frutas e verduras cruas. A fibra, quando ingerida crua, desempenha melhor suas funções, pois após cozimento rompem sua estrutura, diminuindo os efeitos benéficos.
- No lanche da manhã prefira os cereais.
- Inicie sempre a refeição com uma salada.
- Na sobremesa, prefira uma fruta.
- Sirva verduras e legumes crus ou cozidos no vapor.
- Prefira comer as frutas em vez de beber seu suco.
- Consuma alimentos à base de grãos integrais.
- Ao selecionar alimentos, prefira os que possuem maior teor de fibras.
- Evite picar excessivamente as verduras ao prepará-las, permitindo que as fibras se mantenham intactas.

O aumento do consumo de fibras deve ser acompanhado de um maior consumo de líquidos, que ajudam a determinar a quantidade de fibra ideal para cada indivíduo.

Mas não vá comer fibras em excesso, pois terá inconvenientes como:

- Diarréia, distensão abdominal e problemas digestivos.
- Deficiência de ferro, zinco e outros minerais no organismo.
- Alguns alimentos ricos em fibra causam flatulência.


Alimentos que contém fibras:

As fibras estão contidas nos alimentos de origem vegetal (frutas, verduras e legumes) e deve representar a maior parte da nossa dieta.
Procure comer: banana, laranja, maçã, uva, pêra, frutas cítricas, morango, goiaba, batata, cenoura, repolho, sementes de gergelim, trigo, cereais, grãos integrais, leguminosas, favas, feijão, beterraba, berinjela, rabanete, cará, batata doce, inhame, leguminosas secas, abóbora, couve-flor, couve, brócolis, couve de Bruxelas, aveia, cevada, semente de linhaça, castanha do Pará, ervilhas frescas, espinafre, nabo, farelo de cereais, pão de grão integral, milho, hortaliças,...

Adotar bons hábitos alimentares é o início de um estilo de vida saudável.

Um comentário:

  1. Os alimenots são parte importante no nosso dia a dia a maior dificuldade é tempo e querer comer certo, uma vida longa precisa ser saudável com boa ingesta e atividade física, os er humano esta vivendo mais precisa ter qualidade, paz.

    ResponderExcluir